Vou ter um irmão, e agora?




Não é fácil para a criança pequena entender que os pais tão amados vão ter outro filho. A criança pequena sente muita dificuldade em dividir. Portanto, dividir o carinho dos pais com outra pessoa que está chegando não é tarefa fácil.

A melhor maneira para minimizar os prováveis ciúmes é sempre contar a verdade à criança, mesmo que ela seja pequena. Pois lá dentro tem um irmãozinho. As crianças maiores já são capazes de compreender melhor o fato que um irmãozinho está chegando. Envolva a criança nesse momento, faça com que ela participe de tudo o que vai acontecer com você e com a rotina da casa. Conte sobre a mudança que vai ocorrer com o seu corpo, peça ajuda para a preparação do quarto do bebê que vai chegar, solicite a participação da escolha de peças de roupas e de acessórios para o bebê, enfim, possibilite que essa nova fase seja boa para ela também.

Apesar de o ciúme ser inevitável, as reações da criança estarão associadas à forma como os pais irão conduzir a gravidez.

Veja algumas dicas para conduzir esse momento de forma mais tranquila e harmoniosa, sem gerar conflitos ou inseguranças para o seu filho.

· Nesse período não faça nenhuma mudança na rotina da vida do seu filho mais velho, como tirar a chupeta, mudar de quarto, colocar na escola; pois a chegada do novo irmãozinho já é uma grande mudança para ele e vai exigir uma séria adaptação.

· Estimule o seu filho a passar a mãozinha na barriga para que ele possa sentir o bebê.

· Na hora de preparar a decoração do quarto do bebê, envolva o seu filho nos preparativos.

· Leve o seu filho para algumas consultas do pré-natal. Um momento encantador é o dia da ultrassonografia, pois nesse momento a criança passa a ver o de fato o irmãozinho.

· Na hora da escolha do nome do bebê, peça sugestões para ele.

· Prepare o seu filho para o período que você vai se ausentar de casa para ir a maternidade. Comunique que vai se ausentar por uns dias, mas que logo estará em casa, trazendo o novo irmãozinho.

· No dia que você for para a maternidade, deixe o filho mais velho com alguém de quem ele goste muito.

· Quando o bebê chegar em casa, você pode pedir que o filho ajude em pequenas tarefas e cuidados. Peça para alcançar uma fraldinha, um brinquedo, por exemplo.

· O pai nesse período, tem um papel muito importante, pois seu tempo estará mais livre e poderá dar uma assistência maior ao seu filho mais velho. Levá-lo para passear, realizar tarefas do dia a dia na companhia dele e, principalmente, brincar e se divertir.

Com o tempo, o filho mais velho perceberá que não perdeu nada. Na verdade, vai notar que ganhou mais uma pessoa para lhe fazer companhia e para brincar e se divertir.

Portanto, fica claro que o mais importante, nessa fase inicial da chegada do irmãozinho, é dar muito carinho para o filho mais velho. É preciso também compreender algum retrocesso que porventura possa vir a existir em suas atitudes, como voltar a fazer xixi na roupa ou pedir para usar chupeta novamente. Esses comportamentos são uma forma da chamar atenção dos pais e familiares. É preciso apenas destinar atenção e compreensão à criança e, tudo voltará como era antes. O próximo passo é colaborar para que se criem laços afetivos entre irmãos e, assim, eles possam se tornar bons amigos e companheiros. Estamos à disposição nesse período... Conte com nosso apoio!

© 2019 por Escola Pindorama

Criado por Estúdio Nave

(12) 3308- 7275 / (12) 3933-2757

Email: secretaria@escolapindorama.com

Berçário 
Rua Draco, 94 - Jardim Satélite - SJC

Educação Infantil / Ensino Fundamental

Rua Porto Novo, 421 - Jardim Satélite - SJC